Both Teams Played Hard #21

Both Teams Played Hard #21

Jesus Vaz
Será que existe a possibilidade de a NBA algum dia abrir uma franquia no México?

O papo de uma franquia fora dos EUA (e do Canadá) esfriou de uns anos pra cá. Se falava muito de uma na Europa, apesar de parecer uma aberração logística. Imagino que se o México se mostrar um grande mercado de basquete a NBA cogite dar um pulo pra lá, mas não sei se é o caso atualmente. Pelos assuntos abordados durante as entrevistas do Adam Silver, não parece uma prioridade como parecia durante a ERA David Stern.

A abordagem do Adam Silver tem sido mais a de manter os amistosos de pré-temporada em todo o mundo, com só Londres e a Cidade do México recebendo também um jogo de temporada regular. E uma questão a se pensar: muitos jogadores ao longo da história já torceram e torcem o nariz ao fato de sair dos EUA e jogar em Toronto (ou Vancouver, nos tempos de Grizzlies), como será que eles iriam lidar com um time mexicano?

Both Teams Played Hard #20

Both Teams Played Hard #20

Felipe
Caros Denis e Danilo, descobri uma força nominal que deve ser considerada, que, apesar de não estar tão em evidencia como o Carlão Antonio Cidades, é também bem legal. Trata-se de Rakeem Christmas. Primeira vez que ouvi o nome, pensei que não fosse real, que não pudesse existir. Morri de rir. Ele pertence ao Mad Ants da D-League, mas volta e meia tá participando de alguns jogos com o Pacers

Denis: O Rakeem Christmas  tem ido bem na D-League e deve ganhar chances no Pacers eventualmente. Ele tem histórico de brilhar com sua Força Nominal na Summer League. Em um ano, inclusive, virou nosso herói ao jogar ao lado do Justin Holiday. Sim, Christmas e Holiday juntos, só faltou o Nerlens Noel e um jogo em 25 de Dezembro. Detalhe: sabiam que Christmas tem caveiras e aranhas decorando seu apartamento? Cara estranho como nome esquisito.

Both Teams Played Hard #19

Both Teams Played Hard #19

lacan: porque, ao contrário do futebol, na NBA os craques nao trocam de camisetas após as partidas, ou ao final do 1º tempo? a NBA proibe?

Danilo: A NBA não tem regras explícitas sobre isso, mas a troca de camisas não é muito encorajada culturalmente em nenhum dos esportes praticados nos Estados Unidos. Além de ser uma prática estranha, desconhecida, cuja origem está justamente no futebol que eles pouco praticam, ainda existem questões sobre “profissionalismo” e rivalidade entre as equipes. Na NFL, conta-se que um time pediu que os jogadores que quisessem trocar camisetas fizessem isso “discretamente”, após os jogos, para não dar a impressão aos torcedores de que os jogadores não levam seu amor ao time a sério. No Brasil, mesmo com a troca de camisetas plenamente estabelecida no nosso imaginário, ainda existem torcedores que não toleram que os jogadores do seu time troquem de camiseta com um time “rival” ou em jogos importantes ou disputados. Na NBA, o que costuma acontecer são jogadores doarem suas camisetas e tênias para instituições de caridade, para torcedores (como fazia sempre o Gilbert Arenas, que dava suas camisetas para torcedores no ginásio e uma vez deixou sua camiseta no meio da quadra após acertar um arremesso final), ou para amigos e familiares guardarem ou leiloarem. Um caso divertido era o Ray Allen, que escondia suas camisetas e tênis em lugares bizarros de Boston e avisava depois no Twitter para que pessoas aleatórias encontrassem, com promessas de que ele assinaria pessoalmente o material para quem se interessasse.

Both Teams Played Hard #18

Both Teams Played Hard #18

Hermes
Vocês que gostam de novela mexicana, olhem essa:

Tava vendo umas noticias do Miami e parece que tem rumores de troca do Hassan ou pelo Cousins ou pelo Howard

1. Trocar o cara pro time que não quis ele uns anos atrás em troca do seu pivô titular, que é um dos melhores da liga (e os dois foram escolhidos no mesmo draft).
2. Trocar o cara pelo D12 e os fãs do Miami (eu inclusive) choram.

E pra trama ficar ainda mais complicada estão falando em mandar o menino Justiça junto.

Espero que a novela acabe com um final feliz (Cousins)

Denis: O Miami Heat está em uma posição bem complicada. Por um lado eles descobriram o Hassan Whiteside e sabem que o óbvio sempre é manter um bom e promissor jovem pivô, mas por outro lado eles sabem que não vai ser fácil manter o garoto. Então não é melhor trocar pra não ficar sem nada?

Both Teams Played Hard # 17

Both Teams Played Hard # 17

Chico
O Marc Gasol é um dos bons pivôs que tem na liga, defende absurdo, mas tenho a sensação que ele é muito apático e soft, o time precisa dele pra pontuar mais, porém ele se esconde. Por que? Falta mais Zach Randolph pra ele

Denis: Acho que simplesmente não é a característica do Marc Gasol a de pontuar tanto assim. Ele rende muito mais fazendo a bola se mexer de um lado para o outro, sendo o passador para quem corta para a cesta ou até para o próprio Zach Randolph mais posicionado embaixo da cesta. Colocá-lo mais vezes perto da cesta é tirá-lo de onde melhor atua; pedir para ele ficar o jogo todo arremessando de meia distância não parece ser uma revolução ofensiva que valha a pena o Memphis Grizzlies tentar. O que eles precisam é colocar mais bons pontuadores em volta do pivô.

1 2 3 4 5 14