Protegido: 🔒Filtro Bola Presa #16

Protegido: 🔒Filtro Bola Presa #16

Tivemos um caso trágico e um feliz na última semana envolvendo pessoas ligadas à NBA. O triste já comentamos até no Facebook, a mulher de Monty Williams, ex-técnico do New Orleans Pelicans e atual assistente do OKC Thunder, morreu em um acidente de carro. Ingrid Williams só tinha 44 anos e tinha 5 filhos com o treinador. Monty é conhecido por ser um técnico meio paizão, de bom relacionamento com seus jogadores, e com tantos anos de NBA nas costas dá pra imaginar a comoção de todo mundo ao redor da liga com o caso.

Protegido: 🔒Filtro Bola Presa #14

Protegido: 🔒Filtro Bola Presa #14

Na semana passada tivemos o anúncio dos reservas do All-Star Game. Muito legal, mas nem de longe é a melhor história sobre o fim de semana festivo de Toronto. Uma delas diz respeito ao grande filme dos anos 90: Pulp Fiction? Lixo. Titanic? Zzzzzz. Um Sonho de Liberdade? Tédio. Estamos falando de Space Jam!

O Festival Internacional de Cinema de Toronto, o TIFF, organizou, para o fim de semana do All-Star Game, um ‘Live Read’ do roteiro de Space Jam. Melhor do que explicar o que é um Live Read é ver um. Do Bob Esponja.

Protegido: 🔒Filtro Bola Presa #13

Protegido: 🔒Filtro Bola Presa #13

Antigamente, nos primórdios da blogosfera brasileira, os primeiros desbravadores dessa nem tão nobre arte costumavam colocar uma sugestão de música no início dos posts. Algo como “para ler ouvindo…” e simplesmente citavam uma canção. Isso evoluiu, começaram a aparecer as patéticas rádios online que nos davam sustos na madrugada. Depois veio o YouTube e, ainda bem, os diários virtuais morreram para as redes sociais. Mas aproveito essa memória para recomendar músicas para você escutar enquanto lê esse post.

Protegido: 🔒 Filtro Bola Presa #12

Protegido: 🔒 Filtro Bola Presa #12

A temporada do meu Houston Rockets tem sido incompreensível até agora: derrotas para times ruins, vitórias em cima de times bons, ninguém sabe onde enfiar Ty Lawson, Dwight Howard domina um jogo e some no outro, o técnico pirralho não faz ideia do que está fazendo. Mas nada é mais incompreensível do que a maravilhosa constatação de Sam Dekker no vestiário do Rockets: como raios a orelha do Dwight Howard pode ser TÃO PEQUENA?