A prancheta da NBA

A prancheta da NBA

Chegamos na última parte da nossa ‘Semana dos Novatos’. Agora é hora de entender as jogadas, saber que nome damos para cada tipo de arremesso ou lance feito numa quadra de basquete. Esse é um assunto amplo e sempre vai faltar alguma coisa, mas o BASICÃO está aqui. Quer mais básico? Leia o que já publicamos nesse especial até agora!

Parte 1: Como começar a acompanhar a NBA?

Parte 2: Entenda os termos do basquete da NBA

Parte 3: Como ler um boxscore com as estatísticas do jogo?

Parte 4: Entenda o sistema salarial da NBA

Parte 5: A prancheta tática da NBA

Podcast Zero: Se inicie no mundo do Bola Presa e da NBA


A jogada básica

Pick-and-roll – Provavelmente a jogada que você mais vai escutar aqui ou em qualquer lugar que decidir acompanhar basquete. Nos últimos 10 anos se tornou a jogada arroz com feijão de todo sistema ofensivo, todo time faz múltiplas vezes por jogo e a maneira escolhida para marcá-la pode definir a qualidade defensiva de um time.

O lance usa dois jogadores, um com a bola e outro que faz o bloqueio, também chamado de corta-luz. O bloqueio (pick) serve para impedir que o marcador do cara com a bola siga com a defesa; após abrir esse espaço, o cara do bloqueio corta em direção à cesta (roll). O jogador com a bola pode então passar, arremessar ou usar o espaço para ele mesmo atacar a cesta.

Entenda o sistema salarial da NBA

Entenda o sistema salarial da NBA

Quando você, amigo que está começando a acompanhar a NBA, estiver lendo sobre o seu time, irá se deparar com algumas questões confusas. Afinal, por que não vendemos aquele cara ruim? Por que não usamos toda essa grana que temos para comprar o passe de LeBron James? Por que só meia dúzia de times parecem ter chance de contratar esse tal jogador? Isso tudo acontece porque a NBA tem regras bem complexas (pra não dizer chatas), sobre salários, contratações e negociações de jogadores.

O tema pode soar avançado demais para quem está começando, mas garanto que vai ajudar e eventualmente até ser divertido. Uma das coisas mais legais que nós, fãs, fazemos com o tempo livre é inventar negociações e trocas hipotéticas entre equipes. Se ainda está inseguro, dê uma olhada nos outros textos dessa nossa ‘Semana dos Novatos’

Parte 1: Como começar a acompanhar a NBA?

Parte 2: Entenda os termos do basquete da NBA

Parte 3: Como ler um boxscore?

Podcast Zero: Se inicie no mundo do Bola Presa e da NBA


O teto salarial

O mais básico a se entender é que a NBA tem um teto salarial, um limite de gastos que cada time pode gastar com salários de seus jogadores a cada ano. Neste ano esse teto salarial é de 94 milhões de dólares, um salto ENORME sobre os 70 milhões da temporada passada. Um aumento recorde que foi explicado neste post.

Como ler um boxscore?

Como ler um boxscore?

No último post desta nossa ‘Semana dos Novatos’, onde ajudamos recém-chegados a acompanhar a NBA, dissemos que iríamos fazer um post para explicar os “boxscores”, lembram? Em caso negativo, então leia lá o que veio antes disso:

Parte 1: Como começar a acompanhar a NBA?

Parte 2: Entenda os termos do basquete da NBA

Podcast Zero: Se inicie no mundo do Bola Presa e da NBA

Um “boxscore” é uma tabela em que são contabilizados todos os principais eventos de uma partida de basquete. Acompanhado em tempo real, enquanto a partida acontece, ele é um bom resumo do que está acontecendo na quadra e ajuda a direcionar o olhar para algum acontecimento especial. Mas para quem está acostumado, o boxscore pode ser visto após uma partida para contar, com bom grau de precisão, toda a história do jogo, as razões da vitória ou da derrota e a estratégia geral de cada equipe. Kyle Lowry, armador do Toronto Raptors, por exemplo, teve reações hilárias apenas de olhar para o boxscore de uma partida em que tomou uma surra nos Playoffs, pois ela explicitava O HORROR que ele havia vivido minutos antes:

Podcast Bola Presa – Edição Zero

Podcast Bola Presa – Edição Zero

Bem amigos do Bola Presa, mais um podcast no ar!

O que é isso de edição ZERO?! Bom, vocês devem ter percebido que estamos fazendo a Semana dos Novatos, só com textos e postagens para quem está iniciando sua vida de basquete, NBA ou mesmo de Bola Presa. E o podcast não poderia ficar de fora!

Então se você chegou agora, não importa se agora quando publicamos (outubro de 2016) ou num futuro distante, é por aqui que você começa. Falamos das origens do Bola Presa, nos apresentamos, contamos a história do blog e fazemos uma introdução à NBA: como funciona, o que assistir, onde ver e como se envolver com esse fascinante novo mundo de homens gigantes e uma bola laranja.

E claro que não pode faltar o Both Teams Played Hard. Nossa seção de perguntas e respostas surge no final do episódio para introduzir o novo leitor à nossas questões tradicionais de relacionamentos, dúvidas existenciais e, às vezes, basquete. Quer participar? Na barra lateral do blog tem o formulário para perguntas, é só mandar!

Procure por ‘Bola Presa’ no iTunes ou qualquer outro agregador de podcasts e seja bem vindo!

Entenda os termos do basquete da NBA

Entenda os termos do basquete da NBA

Bem amigos do Bola Presa, mais um texto do nosso especial SEMANA DOS NOVATOS no ar. Não sabe do que estamos falando? Estamos fazendo uma série de posts para introduzir conceitos básicos do basquete da NBA para quem está interessado em entrar nesse mundo. Ontem lançamos nosso Guia para Iniciantes!

Sendo uma liga de basquete que envolve Estados Unidos e Canadá, é natural que nossa experiência com a NBA esteja atrelada a uma série de termos retirados diretamente do inglês. Alguns desses termos possuem equivalentes em português, ainda que o costume com as transmissões e as publicações internacionais acabe popularizando as expressões em inglês. Outros termos, entretanto, não são traduzíveis e só nos resta compreendê-los e se acostumar com eles.

Abaixo, listamos aqueles que consideramos os termos mais importantes e os mais comuns dentro da NBA, sejam eles em inglês ou em português, e explicamos o que significam para facilitar a compreensão de qualquer cobertura da NBA, nacional ou internacional. Certamente esquecemos de expressões aqui, então fique à vontade para invadir os comentários para deixar sua dúvida!