? Prancheta Bola Presa – A triste defesa do Cleveland Cavaliers

? Prancheta Bola Presa – A triste defesa do Cleveland Cavaliers

Quinta-feira é dia de vídeo no Bola Presa! Já se inscreveram no nosso canal para se lembrar disso? Nesta semana o assunto da PRANCHETA é DEFESA!

Sabemos que nunca devemos menosprezar um time com LeBron James, mas está difícil ignorar a TERRÍVEL defesa do Cleveland Cavaliers nesta temporada 2017-18. Separamos lances das partidas do Cavs contra o Detroit Pistons e o Houston Rockets para mostrar onde estão os erros:


Já viram nossas CAMISETAS EXCLUSIVAS na iTees?! Essa aqui é a com a nossa querida e redonda logomarca =)

BPCamiseta


Calendario

? Depois de Brad Stevens

? Depois de Brad Stevens

Antes de estrear pelo Cleveland Cavaliers, Isaiah Thomas era uma espécie de “salvador” para a torcida. Tudo que havia de errado com a equipe seria salvo quando ele finalmente retornasse de lesão. Suas aparições breves no telão levavam a torcida ao delírio e sua estreia foi uma festa monumental que deixou torcedores e companheiros de equipe impressionados. Mas desde então, a torcida está convencida não apenas de que Isaiah Thomas não é a solução para os problemas da equipe mas também de que o armador talvez seja o responsável direto por alguns desses problemas. Agora, toda vez que Isaiah Thomas erra um arremesso de três pontos é possível ouvir a torcida vaiando; suas limitações defensivas geram protestos enfurecidos das arquibancadas.

?Filtro Bola Presa #55

?Filtro Bola Presa #55

Segundo Steve Kerr, técnico do Golden State Warriors, todo o seu time e o resto da NBA está SEDENTO pela semana de pausa do All-Star Game. Com a temporada começando mais cedo e a data do jogo não sendo alterada, são mais partidas antes do descanso e a galera tá pirando como nós numa quarta pré-feiradão. Estamos aqui no Filtro, portanto, para descobrir só o seguinte: jogadores cansados fazem mais Jogadas Bola Presa ™?

O impacto emocional das trocas

O impacto emocional das trocas

Quando analisamos as trocas que os times da NBA fazem todas as temporadas, tentamos levar em consideração os ganhos táticos, as estatísticas, as possibilidades de rotação e até mesmo as questões financeiras e salariais. Pensamos em possíveis cenários melhores, dissecamos a duração dos salários e tentamos encontrar quem foram aqueles que se beneficiaram e quem foram aqueles que se prejudicaram com cada jogador trocado. Nesse processo, muitas vezes nos esquecemos que essas trocas também impactam uma área desconhecida, completamente incontrolável e que pode, muitas vezes, ser a parte mais importante do negócio: o psicológico dos envolvidos.

O exemplo mais claro disso ocorreu em 2011, quando o Boston Celtics era um dos favoritos para lutar por um título de campeão. O elenco, então com Kevin Garnett, Ray Allen e Paul Pierce, havia sido campeão em 2008 e chegado novamente às Finais da NBA no ano anterior, 2010. Mas a diretoria do Celtics não conseguiu firmar uma extensão de contrato com um dos membros desse elenco, o pivô Kendrick Perkins, e estava receosa de perdê-lo por nada ao fim da temporada. A ideia de trocá-lo parecia perfeitamente compreensível por todos os critérios técnicos: Perkins sofria com lesões, havia desfalcado o time nas Finais anteriores, seus números eram discretos (7 pontos, 8 rebotes e menos de 1 toco de média na temporada 2010-11) e parecia uma peça completamente dispensável. Foi trocado por Jeff Green (EXTRA, EXTRA, NOVE PESSOAS ENGANADAS) numa negociação que prometia desaparecer na história como uma das mais sem importância da Liga.

Podcast Bola Presa #148 – A nova vida de Blake Griffin

Podcast Bola Presa #148 – A nova vida de Blake Griffin

Bem amigos do Bola Presa, mais um podcast no ar!

Nesta semana foi fácil escolher os temas do podcast: Primeiro falamos de DeMarcus Cousins, que se machucou feio, está fora da temporada e criou um problemão para o futuro de sua carreira e do New Orleans Pelicans, que respondeu trocando Jameer Nelson, Tony Allen e uma Escolha de Draft pelo Nikola Mirotic, do Chicago Bulls. Depois, claro, falamos da grande troca da temporada até agora: BLAKE GRIFFIN É UM JOGADOR DO DETROIT PISTONS! Tentamos desvendar as motivações e o futuro do LA Clippers para essa troca.

No Both Teams Played Hard falamos sobre cheerleaders na NBA, nossa trajetória na vida, requeijão, youtubers, excesso de lesões nesta temporada e respondemos um fã de Cavaleiros do Zodíaco que ficou ofendido com nossas críticas.

Nesta edição

Jabá – 02:40
Pelicans e Cousins – 07:52
A troca de Blake Griffin – 29:09
Both Teams Played Hard – 1:08:00


Já viu as novas camisetas do Bola Presa em parceria com a iTees?

Comece o ano com uma de nossas estampas exclusivas clicando aqui!  


Calendario