Resumo da Rodada 9/5 – Celtics de volta às Finais do Leste

Resumo da Rodada 9/5 – Celtics de volta às Finais do Leste

Quando o Sixers venceu o Jogo 4 com uma estratégia quase inteiramente focada no garrafão, parecia que tinha descoberto a receita mágica para mudar a dinâmica da série. O sucesso foi tanto que já tinha gente, principalmente na franquia, sonhando com a virada histórica: nunca nenhum time se recuperou depois de estar perdendo por 3 a 0, mas o Sixers não se importa com nada. É difícil dizer para adolescentes empolgados o que é que eles podem ou não podem almejar, especialmente quando eles já estão realizando seus sonhos um atrás do outro.

Dada a empolgação, foi natural que o Sixers entrasse em quadra no Jogo 5 exatamente como saiu do jogo anterior. Das 19 bolas que o time arremessou no primeiro quarto, só 3 foram de três pontos – JJ Redick e Marco Belinelli entraram em quadra, deram arremessos, e NENHUM deles foi do perímetro. Joel Embiid até saiu do garrafão, mas foi só para deixar Dario Saric se posicionar perto do aro e passar para ele finalizar de costas para a cesta. Dos primeiros 16 pontos do Sixers no jogo, DOZE vieram de dentro do garrafão – o resto veio da linha de lances livres. Tirando uma bola de 3 pontos de TJ McConnell, o primeiro arremesso fora do garrafão que caiu foi uma bola de meia distância de Embiid, quando só restava um minuto para o final do quarto. Muito se falou nessa série sobre a “mão forte” de Brad Stevens nas jogadas do Celtics, mas dessa vez foi a vez de vermos o plano de Brett Brown ser levado a risca.