🔒Contra o legado

🔒Contra o legado

Quando a primeira enterrada aconteceu num jogo de basquete oficial nos anos 30, o mundo ficou horrorizado. Técnicos afirmavam que enterradas eram uma demonstração de altura, não de habilidade, e que não deveriam ser usadas no esporte. Quando Joe Fortenberry foi campeão olímpico de basquete em 1936 nas Olimpíadas de Berlim enterrando algumas bolas, a comunidade esportiva internacional entrou com um pedido para que a altura dos atletas fosse limitada a 1,90m de modo a impedir que o esporte fosse “estragado” por esse tipo de lance. Durante muito tempo, cogitou-se aumentar a altura das cestas de basquete apenas para evitar as enterradas. Quando Kareem Abdul-Jabar começou a dominar o basquete universitário usando enterradas como parte fundamental do seu repertório ofensivo, a NCAA achou que a solução mais simples era proibir o lance, banindo enterradas do basquete universitário por quase uma década.