🔒Um MVP para os novos tempos

🔒Um MVP para os novos tempos

O prêmio de MVP é um prêmio notoriamente subjetivo, não possui critérios claros de seleção e não serve, em nenhuma medida, para determinar o “melhor” jogador de uma temporada. Sua tentativa de estabelecer o jogador “mais valioso” esbarra na compreensão do que significa, afinal, “ser valioso” e como quantificar esse conceito. Nessa falta absoluta de critérios, os votantes podem levar em conta uma infinidade de fatores, mas tendem a seguir uma espécie de “etiqueta” social, uma convenção não dita, não oficialmente combinada, mas que acaba guiando a maior parte dos discursos. Essa etiqueta leva em consideração, principalmente, quão VITORIOSO um time é na temporada: jogadores em times com recordes medianos ou negativos raramente recebem votos, independentemente de quão bem se saíram individualmente na temporada.