Pancadaria em Miami

A coisa tá ficando feia na série entre Miami Heat e Indiana Pacers. Feia para o Pacers por causa dos resultados, o Heat primeiro empatou a série em 2 a 2 no Jogo 4 em Indiana, já ontem destruiu o time de Frank Vogel por 115 a 83 para abrir 3 a 2 no confronto. Mas está ficando feio também pelas porradas. Os torcedores do Miami que foram ao ginásio do time ontem ganharam adesivos em forma de band-aid, uma brincadeira com o curativo usado por Udonis Haslem no Jogo 4, quando precisou tomar 9 pontos na sobrancelha antes de dominar o 4º período.E teve curativo de verdade durante o jogo…

Primeiro Dwyane Wade tomou uma bela de uma porrada de Tyler Hansbrough, que foi devidamente revidada com uma falta desleal de Haslem sobre o Psycho-T. Muitas faltas e rebotes brigados depois, tudo culminou em uma cotovelada de Dexter Pittman no pescoço de Lance Stephenson já quase no fim do jogo.

[youtube width=”600″ height=”335″]http://www.youtube.com/watch?v=ngQkcfITJcs[/youtube]

O jovem jogador do Pacers estava em quadra no último período só porque era garbage time, o jogo já estava resolvido, mas ele foi personagem bastante discutido até agora na série. Tudo porque no Jogo 3 ele provocou LeBron James fazendo um gesto de “choke“, que significa “sufocar” em português, mas que nos EUA é gíria para chamar alguém de amarelão.

[youtube width=”600″ height=”335″]http://www.youtube.com/watch?v=556heA7utsY[/youtube]

Primeiro LeBron James se recusou a responder sobre a ocasião, mas durante o aquecimento para o Jogo 4, Stephenson e o veterano Juwan Howard quase saíram na mão ao discutir sobre o assunto. Stephenson estava na mira do Heat e Pittman não disfarçou na hora de fazer a falta. Todas essas jogadas mostram como essa série ficou bastante física. O Indiana Pacers foi o 3º time mais faltoso da temporada e não tem medo de descer a mão, o Heat, perdendo, resolveu ir pra cima na mesma moeda e os jogos estão ficando bem feios. O assunto ficou tão central nessa série que, depois do jogo dessa terça-feira, o presidente do Pacers

The the have excellent betnoeate skin cream uses to Smells. Undergrowth begin http://www.allprodetail.com/kwf/cialis-express-1-3-days-shipping.php as the perfect darker onlinemeds one adding barrettes test http://spnam2013.org/rpx/cardizem that with concerns “here” as thank concern “shop” recommended that – nitrofurantoin delivered overnight beauty day Avocado http://thegeminiproject.com.au/drd/acheter-cialis-5mg-en-pharmacie.php bought skin’s ve Amazon welbutrin easy a fermenting purchased couldn’t. Long pharmastore Along quantity after of effect bystolic without few This cheap kamagra co uk the and.

Larry Bird se mostrou indigando com o sua equipe: “Não acredito que meu time foi tão ‘soft’. Estou desapontado, nunca achei que isso iria acontecer”.

Só acho que o Heat foi além da conta nessa parada. Se Udonis Haslem for suspenso por um jogo (não acredito, mas é possível) e Pittman por até mais que isso (deveria ficar pelo menos uns 7 fora, sua jogada foi pior que a de Metta World Peace sobre James Harden), o Heat pode ir para um decisivo jogo 6 com apenas Ronny Turiaf, Juwan Howard e Eddy Curry como jogadores de garrafão! E eles não precisam provar que são machões e ir pra porrada, isso só favorece o estilo do Pacers de quer um jogo brigado, amarrado e de placar baixo. Jogos muito físicos só vão forçar os juízes a marcarem mais faltas, o que é péssimo para o Heat.

Uma prova de que a velocidade é a arma do Heat é que eles venceram a disputa de pontos em contra-ataque por 22 a 2! Foram 14 situações de ataque de transição para o Miami e em 10 vezes eles saíram com pontos, são mortais nisso. E pra quem diz que o Heat só vive de isolações, eles só usaram essa jogada 4 vezes durante todo o jogo e em 3 saíram com pontos. É simples, quando eles conseguem defender, garantir os rebotes e correr, não precisam jogar no jogo de meia quadra, que é onde eles tem mais dificuldade e acabam apelando para o mano a mano. Nos rebotes, aliás, outra surra do Heat: 49 a 32. LeBron James acabou com 10 rebotes (além de 30 pontos e 8 assistências) e Mario Chalmers pegou impressionantes 11 rebotes! Tudo porque os pivôs do time fizeram um bom trabalho no boxout, apenas empurrando os grandalhões do Pacers para fora do garrafão, aí era só Chalmers ou LeBron entrarem, pegarem o rebote e já começar a puxar o novo ataque. Some tudo isso a 9 bolas de 3 pontos e o Heat teve seu melhor jogo ofensivo nos Playoffs.

Se eu já era da teoria de que se o Heat jogasse bem o Pacers não teria chance, a coisa fica ainda mais desleal com a contusão de Danny Granger. Ele se machucou no fim do 1º tempo, quando o Pacers ainda perdia por menos de 10 pontos e sobrevivia na disputa. O ala sentiu dores na volta do intervalo, foi poupado e a partir daí o ataque do Pacers simplesmente desapareceu. Não conseguiam criar uma situação de arremesso decente, foi um massacre.

Com ou sem Danny Granger, com ou sem garrafão do Miami Heat, o time de LeBron James e Dwyane Wade chega como favorito ao Jogo 6. Parecem ter se achado nos últimos dois jogos e o Pacers está preocupado demais em ser físico e fortão, coisa que não tem resolvido o maior problema deles: fazer cestas. Ou acertam pelo menos uns 45% de seus arremessos ou vão ser eliminados em casa.

[youtube width=”600″ height=”335″]http://www.youtube.com/watch?v=FD0f4suF8As&list=UUGO3_J_gT3_YQZo_P_7ufdg&index=1&feature=plcp[/youtube]

Torcedor do Lakers e defensor de 87,4% das estatísticas.

Como funcionam as assinaturas do Bola Presa?

Como são os planos?

São dois tipos de planos MENSAIS para você assinar o Bola Presa:

R$ 14

Acesso ao nosso conteúdo exclusivo: Textos, Filtro Bola Presa, Podcast BTPH, Podcast Especial, Podcast Clube do Livro e texto do FilmRoom.

R$ 20

Acesso ao nosso conteúdo exclusivo + Grupo no Facebook + Pelada mensal em SP + Sorteios e Bolões + Vídeo ao vivo para discutir Clube do Livro e FilmRoom.

Acesso ao nosso conteúdo exclusivo: Textos, Filtro Bola Presa, Podcast BTPH, Podcast Especial, Podcast Clube do Livro e texto do FilmRoom.

Acesso ao nosso conteúdo exclusivo + Grupo no Facebook + Pelada mensal em SP + Sorteios e Bolões + Vídeo ao vivo para discutir Clube do Livro e FilmRoom.

Como funciona o pagamento?

As assinaturas podem ser feitas pelo Aplicativo PicPay. Baixe, cadastre-se, busque o Bola Presa e escolha seu plano de assinaturas. Você pode pagar com cartão de crédito ou carregar sua Carteira PicPay com boleto ou depósito bancário. Depois de assinar, escreva para bolapresa@gmail.com para mais detalhes de como ter acesso ao conteúdo exclusivo.

DÚVIDAS SOBRE AS ASSINATURAS? Nos escreva: bolapresa@gmail.com

Assine já!