Você decide

[youtube width=”600″ height=”335″]http://www.youtube.com/watch?v=997NpDUaDcM[/youtube]

É só disso que se fala no mundinho da NBA: LeBron James passou a bola ao invés de arremessar. 

Como uma coisa tão simples pode virar muitos assuntos? É simples, adoramos comentar exaustivamente o esporte que escolhemos para fugir da realidade. Mas são tantos assuntos que esses poucos segundos inspiram que não sei qual transformar em post. Vocês me ajudam? Aí vão as ideias:

(1) Na Sports Sloan Conference desse ano, a maior conferência nerd-esportiva do mundo, entre tantos nerds diplomados em estatística, matemática, física quântica e que fazem piadas sobre a teoria-M, Jeff Van Gundy entrou no meio do circo para discutir o tal“crunch time”, os minutos decisivos de um jogo. O ex-técnico disse que o basquete “é um jogo de último período da mesma forma que é de primeiro período”. Ou seja, para ele um arremesso no primeiro quarto não é mais ou menos importante que um dado no minuto final.  Será que superestimamos os minutos finais?

(2) Por que é tão importante para o esporte, especialmente no basquete, que o jogador principal tenha que decidir? Tem a ver com ele ter o maior salário? Ou apenas queremos que o fim da historinha seja decidido pelo personagem principal e não por um coadjuvante? Talvez o arremesso final seja um rito de passagem entre o cara comum e algo que consideramos maior? Por que o foco está em LeBron e não na jogada desenhada pelo Heat?

(3) O que leva os torcedores a condenar LeBron James por passar as bolas finais quase ao mesmo tempo que xingam Kobe Bryant por nunca passar? Como afinidade, boa imagem e principalmente o resultado final atrapalham análises esportivas.

(4) LeBron James não só não arremessou a última bola, ele o fez depois de acertar bolas impossíveis, inimagináveis, encantadoras. Por estar em um momento bom, em um “hot-streak”, ele deveria ter arremessado mais uma? Um jogador em uma boa sequência tem mais chances (ou uma obrigação moral) de chutar a próxima?

(5) Já perceberam que tudo o que o Miami Heat faz é analisado até a exaustão? Um simples jogo de temporada regular é tema para defesa de mestrado, mil posts em blogs, vídeos, tópicos em fóruns, conversa na mesa de jantar. É o time mais observado da história? O que vemos neles que deixamos passar em outros times do passado que não passaram pela mesma sabatina?

Podem votar nos comentários, o post novo sai essa semana!

 

Torcedor do Lakers e defensor de 87,4% das estatísticas.

Como funcionam as assinaturas do Bola Presa?

Como são os planos?

São dois tipos de planos MENSAIS para você assinar o Bola Presa:

R$ 14

Acesso ao nosso conteúdo exclusivo: Textos, Filtro Bola Presa, Podcast BTPH, Podcast Especial, Podcast Clube do Livro e texto do FilmRoom.

R$ 20

Acesso ao nosso conteúdo exclusivo + Grupo no Facebook + Pelada mensal em SP + Sorteios e Bolões + Vídeo ao vivo para discutir Clube do Livro e FilmRoom.

Acesso ao nosso conteúdo exclusivo: Textos, Filtro Bola Presa, Podcast BTPH, Podcast Especial, Podcast Clube do Livro e texto do FilmRoom.

Acesso ao nosso conteúdo exclusivo + Grupo no Facebook + Pelada mensal em SP + Sorteios e Bolões + Vídeo ao vivo para discutir Clube do Livro e FilmRoom.

Como funciona o pagamento?

As assinaturas podem ser feitas pelo Aplicativo PicPay. Baixe, cadastre-se, busque o Bola Presa e escolha seu plano de assinaturas. Você pode pagar com cartão de crédito ou carregar sua Carteira PicPay com boleto ou depósito bancário. Depois de assinar, escreva para bolapresa@gmail.com para mais detalhes de como ter acesso ao conteúdo exclusivo.

DÚVIDAS SOBRE AS ASSINATURAS? Nos escreva: bolapresa@gmail.com

Assine já!