Protegido: 🔒 Ganhando na loteria

Este conteúdo está protegido por senha. Para vê-lo, digite sua senha abaixo:

Denis

Torcedor do Lakers e defensor de 87,4% das estatísticas.
  • Rodrigo Pillotto

    Então não teremos mais as analises do draft bola presa? =(

  • Lucas Silva

    Cheguei hj primeira vez no blog , não entendi sobre ter senha como faço?

    • Gabriel Andrade
    • DenisBotana

      Olá Lucas!
      O blog funcionou por 8 anos com conteúdo todo aberto, nessa temporada abrimos um sistema de assinaturas. Dois posts por semana são exclusivos para quem assina o blog por ao menos R$9 ao mês.

      Está tudo explicado no Apoia.se, onde você pode assinar se quiser =)
      https://apoia.se/bolapresa

      Um podcast por semana e dois textos ainda são abertos a todos

  • Matheus Cunha

    A Classe de 2015 é realmente muito promissora. Pode ser que nem todos virem estrelas ou franchise players, mas nos jogadores citados não imagino nenhum deles virando flop (salvo em caso de muitos problemas extra quadra, como o Okafor).
    O Frank Kaminsky eu gostei bastante quando vi jogar na NCAA, mostrava muita tranquilidade e maturidade, talvez por ser um (raro) jogador com perspectivas de NBA que preferiu jogas 4 anos no College. Espero que ele ganhe mais espaço no Hornets.
    Quanto aos pivôs, eu tenho a sensação que é muito mais fácil ser um pivô inexperiente do que um armador, porque como os armadores jogam muito com a bola na mão, os erros ficam por demais evidenciados nos TO, e se o cara tiver uma defesa de perímetro fraca hoje em dia é quase certo que perca espaço na rotação (salvo se for um monstro ofensivo como o Harden).
    Sobre o D’Angelo Russel, fazendo um gancho com o jogo de ontem entre o Lakers e o GSW, será que é coincidência as estatísticas dele terem melhorado MUITO depois que o Huertas começou a ganhar mais minutos nesses últimos jogos? A sensação que tive ontem é que o Marcelinho praticamente MANDA e ENSINA a molecada se movimentar, organiza o ataque e abre espaços na defesa adversária, ao mesmo tempo em que tira um pouco a bola da mão do D’Angelo Russel, dando mais espaço pra ele infiltrar e chutar de 3.