Resumo da Rodada 18/5 – A demolição de Draymond Green

Resumo da Rodada 18/5 – A demolição de Draymond Green

Nas entrevistas dadas após o Jogo 3, o técnico Steve Kerr chamou Draymond Green de “bola de demolição” e disse que sua atuação na noite de sábado foi uma das melhores da carreira. Ele brilhou com 20 pontos, 13 rebotes, 12 assistências, 4 roubos, excelente defesa em mais uma vitória de virada do Golden State Warriors sobre o Portland Trail Blazers. Se no Jogo 2 a desvantagem era de 17 pontos, dessa vez foi de DEZOITO e mesmo assim o atual campeão buscou a virada para vencer por 110 a 99 e abrir 3 a 0 na final da Conferência Oeste.

Tem sido uma constante: desde a lesão de Kevin Durant no Jogo 5 da série contra o Houston Rockets, jogo após jogo algum nome do Warriors decide brilhar como nunca antes. Foi Steph Curry com 23 pontos no último quarto, Andre Iguodala com cinco bolas de 3 pontos pela quarta vez na carreira, Kevon Looney com seu máximo de minutos e pontos nos Playoffs e por aí vai. Parece que a lesão de Durant forçou o elenco todo a jogar mais e ninguém hesitou em apresentar seu melhor.