🔒Filtro Bola Presa #48

Mais um Filtro Bola Presa no ar para nossos assinantes! Nessa semana temos LeBron James de todo jeito: sendo gênio, gamer, expulso, brincando de Michael Jordan e até apresentando a nova geração. Também trouxemos desastres de Russell Westbrook e Thabo Sefolosha, o retorno de Chris Bosh ao que ele faz melhor, muito Star Wars e ótimos momentos dos nossos MASCOTES. Bora lá!

A sequência de vitórias do Cleveland Cavaliers parou em 13 após uma derrota para nosso ARRUMADINHO Indiana Pacers, mas isso não apaga a temporada fora do normal que LeBron James está fazendo. Ele jogar bem não parece ser notícia, mas é que agora, a poucos dias de completar 33 anos, o homem está com números melhores do que nunca na vida:

Melhor aproveitamento em arremessos de perto da cesta, de três pontos e nunca na carreira ele tentou menos arremessos de meia distância. É LeBron mais moderno e eficiente de todos. E que ainda joga com o Cavs no NBA 2k para ter ideias de como integrar Isaiah Thomas. No tempo livre ele ainda imita Michael Jordan em partidas contra o Chicago Bulls:

Mas no meio disso tudo, LeBron James foi EXPULSO pela primeira vez em sua longa carreira. Sabemos que ele, como toda estrela, reclama de faltas o tempo todo, mas não costuma tomar faltas técnicas. Mas se até Tim Duncan já foi expulso por DAR RISADA, tudo pode acontecer:

O juiz responsável pelo feito, e agora presente em todas as futuras biografias não-autorizadas do King James, foi Kane Fitzgerald, que tinha dado apenas SEIS faltas técnicas em toda a temporada até aqui:

Se LeBron não é especialista em ser expulso, ele é em arrumar RIVAIS ALEATÓRIOS. Depois de DeShawn Stevenson e Lance Stephenson, agora é a vez de Enes Kanter, que ainda não superou aquele bate-boca no Madison Square Garden e trollou LeBron à la Embiid, mas sem o carisma:

Depois do jogo, Dwyane Wade tentou achar uma SIMETRIA entre ele e LeBron. Disse que sua única expulsão foi em um jogo pelo Heat contra o Cavs, e que agora LeBron teve sua primeira vez pelo Cavs contra o Heat. Pareceu legal, mas… MENTIRA!

Na verdade Wade já foi expulso outras DUAS VEZES, mas ele simplesmente não lembra. Deve ter a memória do Danilo. Sua desculpa é que essas expulsões “devem ter sido naquele ano que só ganhamos uns 15 jogos…”

De qualquer forma, os dois não precisam de tanta sintonia histórica para provar que são melhores amigos e irmãos camaradas. São tão próximos que até já juntaram os filhos para dominar a NBA na próxima década:

Fechando a sessão Cavs/Heat, Dwyane Wade e Udonis Haslem tentam começar uma tradição na NBA que já é comum no futebol e até na NFL: trocar camisetas após o jogo. Espero que inspire outros, é um tipo bem legal de confraternização:

PHOTOBOMB DA SEMANA

Chris Bosh voltou!!! Não a jogar, mas foi a um jogo do Miami Heat e mandou um dos seus clássicos…


Além da expulsão de LeBron James e de Kevin Durant, que comentamos no último podcast, até o SHAUN LIVINGSTON, baita cara maneiro, levou cartão vermelho! Ele fez BRIGA DE BODE com o juiz, que acabou suspenso por uma semana por essa cena bisonha…


JOGADA BOLA PRESA DA SEMANA

Essa aqui não tem nada de desastrada, não. É puro talento de uma das profissões menos lembradas deste meio: o câmera. Como que o cara faz isso de surpresa, no calor do jogo, com tudo acontecendo tão rápido, sem corte? GÊNIO. GÊNIO. GÊNIO. Sério, assistam com carinho. Queria o nome do responsável para mandar uma PLACA:

Ele certamente já sabia que o Dikembe Mutombo estava lá, mas mesmo assim pegar o toco do Serge Ibaka no lugar certo, focar o seu “não” com o dedo e depois ir com calma até o veterano sorrindo foi de emocionar.

Essa outra jogada aqui é pura zoeira mesmo, o BBallBreakdown fez uma compilação PASTELÃO, com trilha sonora e tudo, para mostrar turnovers de Russell Westbrook em contra-ataques. De todos os caras ultra mega talentosos do mundo, Westbrook deve ser o que mais enlouquece os técnicos que gostam do “jogo bem jogado”. Trens fora de controle são fascinantes, mas os acidentes são bem feios:

Sabe quando um jogador dá um toco, sai correndo para o ataque e consegue uma enterrada? A jogada de efeito dupla é o ponto máximo de um highlight de sucesso. Mas há também a versão trash: Thabo Sefolosha embalou uma bandeja errada sem marcação com um airball em poucos segundos. É para poucos:

Por fim, temos essa espetacular demonstração de Defesa-Pós-Churrasco do Phoenix Suns. Quantos QUILOS de picanha estavam na barriga de Tyson Chandler nesse lance?


IMAGEM DA SEMANA

Esta aqui nem é dessa semana, mas postamos só no nosso Instagram e acabou ficando, injustamente, fora do Filtro. Dwight Howard até está fazendo um bom começo de temporada –como é sempre seu começo nos novos times– mas infelizmente não pode ser assistido por crianças:


STAR WARS WEEK

Nesta semana teremos a estreia do novíssimo Star Wars e os times da NBA adiantaram uma tradição anual, a ‘Star Wars Night’. O Denver Nuggets usou a sua na noite errada, nem precisa de FORÇA pra derrubar o Chicago Bulls

O LA Clippers arranjou um TEODOSIC JEDI KNIGHT BOBBLEHEAD, que deve ser o melhor brinde já dado num jogo de basquete:

O Milwaukee Bucks não organizou uma noite para homenagear a família Skywalker (erro que jamais cometeremos quando formos donos por lá), mas viu em tempo real o que acontece quando você deixa o seu ESCOLHIDO ficar muito próximo do Imperador…

E o Darth Giannis já começou a aparecer em uma BRIGA com o assistente técnico Sean Sweeney:

Mas o Bucks está com 6 vitórias e só uma derrota desde este episódio, então talvez não seja mal negócio esse de lado negro da força e tal:


 PISANTE DA SEMANA

Alguém ainda fala “pisante”? De qualquer forma, o importante aqui é que agora o Kristaps Porzingis tem seu tênis personalizado com um UNICÓRNIO na sola. Bem mais #daora que o Kevin Durant querendo ~calar os críticos~ com suas estatísticas da final nos pés.

Para nos manter nas gírias IRADAS da turminha SUPIMPA, o Porzingão tá de XAVECO no Instagram. E está o inspirando em quadra. É só clicar nas fotos e ver a história acontecendo. Curto uma foto, sigo, ele segue de volta, posta emoji de unicórnio…


DICAS DE LEITURA


#GIRLPOWER

A NBA é um ambiente quase que totalmente masculino, mas há espaço para as mulheres mostrarem seus talentos. Temos a Doris Burke comentando jogos, a Becky Hammon como assistente do San Antonio Spurs e cheerleader Leslie Ann… COMENDO CAMARÕES?! Beleza, mana. Mandou bem.

Ainda na área de ENTRETENIMENTO DE INTERVALO, o Atlanta Hawks viu um evento histórico nesta última semana. Pela primeira vez em DEZOITO anos alguém acertou um arremesso do meio da quadra para ganhar um prêmio em dinheiro por lá!

Mas acho que nada superou o New Orleans Pelicans entretendo seus (poucos) torcedores com um vídeo do DeMarcus Cousins explicando a história de Titanic. Lembra muito o conceito da série ‘Thug Notes’. SPOILER: tudo culpa da Rose

Em Orlando, os torcedores que foram ver Magic e Warriors com a camisa do time visitante foram alvo de BULLYING, sendo acusados de MODINHA na frente de todos. Teve desde “comprou essa camiseta ontem” até “fã do Warriors desde 2015 (menos em Junho de 2016)”. Sensacional!

E para os que odeiam o time do momento, peço que reconsiderem. Vocês realmente não querem ver Nick Young ser campeão da NBA? Se a resposta foi negativa, ofereço dois vídeos que podem te fazer mudar de ideia. Neste primeiro ele conta a origem do seu apelido “Swaggy P”. Segundo o ala, a mensagem veio dos céus, de uma LUZ AZUL, durante um sonho. E desde então ele se sentiu mais confiante, com os dentes brancos e até com as roupas vestindo melhor. Épico:

Neste outro, Swaggy diz ao Papai Noel o que quer de Natal: uma vitória contra o Cleveland Cavaliers, ao menos 48 pontos, um triple-double e, claro, um toco limpo em LeBron James…


 ESTATÍSTICAS DA SEMANA

Essa não é exatamente uma estatística, mas é uma compilação de dados interessantes. Aqui está a lista atualizada com todos os jogos que Anthony Davis já perdeu na carreira e as lesões que causaram a sua saída. E olha que esse tweet nem cobre a sua última concussão. Ele já sofreu TRÊS na carreira e nem joga na NFL…

Dado mais bizarro da semana é esse: o Chicago Bulls perdeu 15 dos seus últimos 17 jogos, e as duas vitórias vieram contra o mesmo Charlotte Hornets. Uma vergonha o time do Michael Jordan perder para o time que não ganha nada desde a saída do Michael Jordan.

Ainda no campo dos feitos únicos: com uma bola de 3 fantástica de Manu Ginóbili nos segundos finais o San Antonio Spurs se tornou, finalmente, o primeiro time do Oeste a bater o Boston Celtics, que tinha vencido seus primeiros 8 confrontos contra rivais da conferência:


VIDEO CASSETADAS DA SEMANA

O lugar mais perigoso da NBA atualmente é a lateral-da-quadra-perto-dos-bancos-se-você-for-um-jogador-do-Sixers. Foi engraçado quando Jerryd Bayless só sentou no colo de um cara, derrubou cerveja e fez cafuné nas crianças…

…mas bem menos legal quando Robert Covington atropelou toda uma fileira, caiu em cima de uma barra de ferro e ficou agonizando no chão por longos minutos no jogo contra o Cleveland Cavaliers:

Outra contusão ESQUISITÍSSIMA na semana foi essa do Devin Booker. O Mini-Kobe sofreu uma lesão muscular na coxa e simplesmente CONGELOU. Não conseguia se mexer, fechar a perna, sentar, nada. Brincou de estátua e só parece engraçado agora porque já sabemos que ele não entrou num estado vegetativo instantâneo:


FRASE DA SEMANA

“Que porra foi essa?”

Jimmy Butler para Taj Gibson


PROVOCAÇÕES AMIGÁVEIS

Joel Embiid vai se consagrando como o grande trash talker da nova geração, mas a verdade é que no fundo ele tem um bom coração. Ele foi fofo ao contar que se despediu do trocado Jahill Okafor dizendo que o ama, que deseja sorte e que… já que foi para um rival de divisão, vai CHUTAR SUA BUNDA quatro vezes por ano.

E depois de tanto falar de Lavar Ball, Embiidão conheceu o patriarca mais odiado da liga e disse que o cara foi divertido e “cheio de energia”, que é o que eu digo de pessoas que não conseguem parar de falar por um minuto sequer.

Nem tão amigável foi esse DRIBLE DA VACA que o Jamal Murray deu pra cima do Lonzo Ball para provocá-lo após a vitória do Denver Nuggets sobre o LA Lakers. Julius Randle foi lá proteger o colega:


MASCOTES POWER RANKING

A melhor cena de mascote da semana foi essa do Toronto Raptors...

Quer dizer, me informam agora pelo ponto eletrônico que este NÃO É O MASCOTE do Raptors. Repito, NÃO É O MASCOTE do Raptors. Não espalhem essa notícia falsa.

O vencedor dos 10 pontos da semana é Hugo The Hornet, que em um lance simples reuniu todos os valores de um mascote. Confira o vídeo que depois eu explico:

O cara que iria arremessar do meio da quadra era um vovô. O coitado tinha poucas chances de acertar e ótimas chances de passar vergonha, que foi o que quase aconteceu. O arremesso saiu fraco, torto e desengonçado, mas aí entrou Hugo The Hornet para salvar o dia: ele entrou no caminho da bola, fez ela parecer que a bola acertou suas BOLAS ESCROTAIS DE ZANGÃO e ficou agonizando no chão e fazendo palhaçada por um minuto inteiro. Com classe e um toque de pastelão, ele fez o ginásio esquecer da vergonha passada pelo torcedor e se ocupar com o show auto depreciativo do abelhudo de pelúcia. O torcedor saiu a salvo graças a Hugo. Parabéns.

Os 5 pontos do segundo lugar vão para o Jazz Bear, responsável por montar esse pequeno CAOS em um curto intervalo de jogo: dançarinas, triciclo e fumaça ao som do rapper Chamillionaire. Tem coisa MENOS Salt Lake City do que isso? Eu adorei:

Também não resisti a dar 5 pontinhos para o Franklin, mascote do Philadelphia 76ers. O cara acertou 50% dos seus arremessos DE COSTAS, COM UMA PATA, DO MEIO DA QUADRA. É mais do que muita gente da família Ball acerta de lance-livre por aí…

CLASSIFICAÇÃO GERAL

Coyote – 20 pontos

Benny – 15 pontos

Grizz, Hooper, Hugo, Franklin e Bango – 10 pontos

Jazz Bear– 5 pontos

Torcedor do Lakers e defensor de 87,4% das estatísticas.

Como funcionam as assinaturas do Bola Presa?

Como são os planos?

São dois tipos de planos MENSAIS para você assinar o Bola Presa:

R$ 14

Acesso ao nosso conteúdo exclusivo: Textos, Filtro Bola Presa, Podcast BTPH, Podcast Especial, Podcast Clube do Livro e texto do FilmRoom.

R$ 20

Acesso ao nosso conteúdo exclusivo + Grupo no Facebook + Pelada mensal em SP + Sorteios e Bolões + Vídeo ao vivo para discutir Clube do Livro e FilmRoom.

Acesso ao nosso conteúdo exclusivo: Textos, Filtro Bola Presa, Podcast BTPH, Podcast Especial, Podcast Clube do Livro e texto do FilmRoom.

Acesso ao nosso conteúdo exclusivo + Grupo no Facebook + Pelada mensal em SP + Sorteios e Bolões + Vídeo ao vivo para discutir Clube do Livro e FilmRoom.

Como funciona o pagamento?

As assinaturas podem ser feitas pelo Aplicativo PicPay. Baixe, cadastre-se, busque o Bola Presa e escolha seu plano de assinaturas. Você pode pagar com cartão de crédito ou carregar sua Carteira PicPay com boleto ou depósito bancário. Depois de assinar, escreva para bolapresa@gmail.com para mais detalhes de como ter acesso ao conteúdo exclusivo.

DÚVIDAS SOBRE AS ASSINATURAS? Nos escreva: bolapresa@gmail.com

Assine já!