🔒Filtro Bola Presa #59

Estamos NAQUELE ponto da temporada: parece que o campeonato começou há sete anos e parece que os Playoffs são vão começar daqui 18 meses. É o momento em que os times ruins já abriram mão de tudo, os bons já pensam em poupar jogadores e a gente só torce para os médios se digladiarem com GOSTO em nome do nosso entretenimento noturno. Por sorte, mesmo nos piores jogos e nos times mais CHOCHOS tem coisa interessante acontecendo. Interessante a ponto de virar um texto longo e analítico? Não, mas pro FILTRO tá bom:

Começamos com o MAIOR JOGADOR DE TODOS OS TEMPOS, Kobe Bryant. Discorda? Eu também, mas desde quando é preciso ter razão na internet? Kobe ganhou o Oscar de melhor “Curta de Animação” no último domingo pelo seu “Dear Basketball“, obra baseada na sua carta de despedida do esporte:

E logo começaram a pipocar as piadinhas na internet: Kobe com mais Oscar que ator famoso X, Kobe empatado com Leonardo DiCaprio, Kobe com mais vitórias do que outros jogadores que se arriscaram no cinema. Mais que Michael Jordan, mais que LeBron James, mais que o REI DO CINEMA Shaquille O’Neal e até mais do que Kareem Abdul-Jabbar, que estrelou filmes de sucesso:

Piadas a parte, duas coisas foram legais: (1) em seu discurso, Kobe fez referência à repórter da Fox que mandou LeBron apenas “calar a boca e jogar” dizendo que ainda bem que os atletas estão fazendo mais do que isso, e (2) graças a ele, pela primeira vez na história um grande grupo de pessoas se importou com a categoria “Curta de Animação”. Parabéns, Black Mamba!


Ainda no assunto CINEMA, Rogerinho, temos que destacar LeBron James falando do filme “Pantera Negra”. Ele explica porque a obra está fazendo não só muito sucesso com o público em geral, mas levando AO DELÍRIO o público negro de todo o mundo:

A razão é bem simples: representatividade. A palavra tá tão na moda que dá raiva e às vezes é usada toda do avesso, mas é importante. LeBron conta que gostava muito de super heróis quando era pequeno, mas eles não serviam como modelo para ele já que eram tão diferentes. Ele acabava se espelhando em músicos e atletas, duas áreas onde os negros já conquistaram maior espaço.

Para muita gente o desenho do Kobe é só um desenho, mas significa mais para quem ama basquete. O mesmo com “Pantera Negra”, que é só mais um filme de herói para alguns, mas bem mais para LeBron James e outros tantos.


AOMILHAÇÃO DA SEMANA

Se tem uma coisa que inundou mais as redes sociais do que piadas com o Kobe vencedor do Oscar, foram vídeos do James Harden DERRUBANDO o Wesley Johnson. Caso queira relembrar só pra se focar na cara do ala RINDO DE NERVOSO e refletindo sobre a razão de estar vivo, aqui está (com a música do Titanic, claro):

Logo já correram para a página da Wikipedia do Wesley Johnson para dizer que ele tinha morrido e que seu funeral seria realizado no túnel secreto usado pelo Chris Paul na última partida entre Clippers e Rockets no STAPLES Center:

Ele também deixou de exisitir no banco de dados do StatMuse…

E falando em túnel, o Houston Rockets fez a última piada com o caso. Para não ter papo de que eles deixaram seu vestiário (usando um TÚNEL SECRETO) para ir arrumar briga no lado do rival, eles simplemente TRANCARAM A PORTA COM FITAS:


ESTATÍSTICAS DA SEMANA

Tivemos uma semana recheada de números interessantes, históricos e curiosos. Começamos com Victor Oladipo, que conseguiu a façanha de acabar o mês de Fevereiro com média de 3,8 roubos de bola por jogo! É o máximo por um jogador em um mês desde Allen Iverson em Fevereiro de 2002!!!

Em New Orleans, o Monocelha segue carregando o time nas costas. Ele levou o time a SETE vitórias seguidas e no período teve médias de 35 pontos e 15 rebotes, apenas o 5º jogador da história a ter tais números numa sequência tão longa de vitórias:

Mas aqui está a estatística mais SURREAL de todas:

Traduzo: “Um total de 95 quintetos jogaram ao menos 100 minutos nesta temporada. O melhor saldo de pontos de todos eles: o banco do Toronto Raptors (Fred VanVleet, Delon Wright, CJ Miles, Pascal Siakam e Jakob Poetl), superando seus oponentes por quase 28 pontos a cada 100 posses de bola.

Você sabia que o banco do Toronto Raptors era bom, mas você sabia que era TÃO BOM?! Tudo bem que geralmente eles estão enfrentando os reservas dos adversários, mas mesmo assim é de cair o queixo.

Pulando do LÍDER para o NONO do Leste, vejam que bizarro:

Até o jogo contra o Orlando Magic na última semana, o Detroit Pistons tinha o seguinte recorde desde a chegada de Blake Griffin:

  • Partidas em casa quando o adversário estava na segunda noite de jogos consecutivos: 6 vitórias e 0 derrotas.
  • Todas as outras partidas: 0 vitórias e 7 derrotas

E o que aconteceu desde então? Perderam para o Magic, perderam para o Heat e perderam para o Cavs. Atualizando…

  • Partidas em casa quando o adversário estava na segunda noite de jogos consecutivos: 6 vitórias e 0 derrotas.
  • Todas as outras partidas: 0 vitórias e 10 derrotas

Mas não nos animemos tanto assim com todos esses números legais. Sempre aparece AQUELE BABACA para tirar o sorriso do nosso rosto e nos lembrar que números são completamente manipuláveis e podem ser utilizados para o mal. Saca só o que fizeram numa transmissão de jogo do Indiana Pacers:

Jogadores com ao menos 800 jogos na carreira e médias de 13,5 pontos, 5,9 rebotes, 1,4 roubos, aproveitamento de 49% dos arremessos e 30% de acerto nos 3 pontos: Bird, Magic, Jordan, LeBron e… Thaddeus Young! QUEM TIROU ESSES NÚMEROS DA CARTOLA?! Desde quando 30% de acerto dos 3 pontos é bom?! E os CINCO VÍRGULA NOVE rebotes? Que tenha sido tudo uma grande piada.


JOGADAS BOLA PRESA DA SEMANA

Mais do que números, essa semana teve MUITO. LANCE. BISONHO. Vamos nos aquecer antes de tudo com uma boa e velha Sincronização Pré-Jogo:

E vamos preparar a quadra com carinho, com a ajuda de Russell Westbrook:

O Taurean Prince fez uma bola de 3 para ganhar um jogo para o Atlanta Hawks nessa semana. Mas é isso que vamos mostrar? Não. Mídia sensacionalista busca coisas mais interessantes como esse passe aqui:

Falando em passe, aprendam com JR Smith como se faz um passe de qualidade, estilão boliche com os amigos no sábado à noite:

Outro passe surreal veio de um brazuca, mas foi surreal de ruim: o que diabos Raulzinho enxergou naquela zona morta?!?

Minha jogada favorita da semana é do mesmo jogo e também um passe: PASSE DE CABEÇA de Ricky Rubio. Se fosse o JaVale McGee era video-cassetada, como foi o Rubio eu já acho que é coisa de gênio:

Ainda mesmo jogo tivemos a agressão mais GRATUITA da temporada. Não aconteceu NADA no lance anterior que fizesse com que Jeff Teague quisesse dar uma de Robert Horry para cima de Ricky Rubio, mas foi o que ele fez:

O lance só teria sido mais maluco se o espanhol tivesse se levantado do chão igual como o Marcus Smart:


TRETA DA SEMANA

Adivinhe, ainda mais lances de Utah Jazz e Minnesota Timberwolves! Logo depois do empurrão do Teague no Rubio, Jae Crowder teve uma discussão recheada de palavras bonitas com o técnico Tom Thibodeau na beira da quadra:

Logo depois o Jimmy Butler, que está machucado, foi no Twitter mandar o Crowder “FICAR LONGE DO MEU TÉCNICO”:

E o Crowder já mandou um “você sabe onde eu moro, chega aí otário”:

Mas tudo era uma grande brincadeira entre parceiros de Marquette, no fim das contas:

E o jogo foi tão bom que em outro lance o Crowder se destacou por fazer uma jovem garota ouvir uma nova palavra que provavelmente ela não esperava presenciar naquele ambiente:

A menina ainda tirou uma foto do momento em que ela percebeu que virou MEME:

Pois é, sem ninguém perceber o Utah Jazz é um time jovem, engraçado e descolado. Um campeão de longa data das redes sociais é Rudy Gobert, que dessa vez comemorou a vitória com um GIF do seu próprio técnico:


FOTO DA SEMANA

Nosso leitor e assinante Rodrigo Salomão está em Israel e nos mandou essa bela imagem:

Casspi

Ele explica: “Essa semana aqui em Israel se comemora uma festa chamada Purim, que é uma espécie de carnaval, digamos assim. Como se não bastasse termos cereais com o Omri Casspi espalhados pelo país, agora temos, vejam só, a fantasia do cereal! Lidem com isso”


SUSPENSÃO DA SEMANA

Tivemos nesa semana a suspensão de um jogador mais BIZARRA desde que Blake Griffin deu um soco na cara do roupeiro do LA Clippers. O JR Smith simplesmente… ATIROU UMA TIGELA DE SOPA no Damon Jones, ex-jogador e atual assistente técnico do Cleveland Cavaliers:

A internet ainda busca informações importantes sobre o caso: que tipo de sopa? Qual a sua temperatura no momento do arremesso? Acertou o alvo? Ele atirou com as duas mãos? Girando como um disco? Cadê o jornalismo investigativo?


DICAS DE LEITURA

BadCalls


AMIZADE DA SEMANA

Amigos de infância, Michael Beasley e Kevin Durant contam, num farto jantar, como cresceram próximos e juntos em um bairro pobre e sem muitas oportunidades:


MEMÓRIA DA SEMANA (CHUPA, DANILO)

Jamal Crawford lembra dos 18 técnicos que teve em suas 18 temporadas na NBA. De cabeça!


MASCOTES POWER RANKING

Os 10 pontos dessa semana ficam com o Bango, mascote do NOSSO Milwaukee Bucks! Ele ganha por duas aparições de muito estilo, glamour e riqueza. Primeiro ele foi DE MOTO aos escritórios da NBA em Nova York para entregar o pedido formal da cidade de sediar o All-Star Game de 2023:

Depois ele chegou cheio de marra para o jogo de domingo à noite. Adequado para a noite do Oscar:

Os 5 pontos do segundo lugar vão para Benny The Bull pelo seu trabalho de ajudar a Red Panda em sua performance. Essa CORRIDINHA com as pernas são daquelas pequenas coisas que só um mascote profissional de alto nível é capaz de pensar no calor do momento:

CLASSIFICAÇÃO GERAL

Benny The Bull – 35 pontos

Coyote – 30 pontos

Grizz – 21 pontos

Stuff, Franklin, Bango e Rocky – 20 pontos

Slamson – 15 pontos

Hooper, Hugo, Clutch, Harry the Hawk, Jazz Bear Boomer e Blaze– 10 pontos

Crunch e Rumble– 5 pontos

Torcedor do Lakers e defensor de 87,4% das estatísticas.

Como funcionam as assinaturas do Bola Presa?

Como são os planos?

São dois tipos de planos MENSAIS para você assinar o Bola Presa:

R$ 14

Acesso ao nosso conteúdo exclusivo: Textos, Filtro Bola Presa, Podcast BTPH, Podcast Especial, Podcast Clube do Livro e texto do FilmRoom.

R$ 20

Acesso ao nosso conteúdo exclusivo + Grupo no Facebook + Pelada mensal em SP + Sorteios e Bolões + Vídeo ao vivo para discutir Clube do Livro e FilmRoom.

Acesso ao nosso conteúdo exclusivo: Textos, Filtro Bola Presa, Podcast BTPH, Podcast Especial, Podcast Clube do Livro e texto do FilmRoom.

Acesso ao nosso conteúdo exclusivo + Grupo no Facebook + Pelada mensal em SP + Sorteios e Bolões + Vídeo ao vivo para discutir Clube do Livro e FilmRoom.

Como funciona o pagamento?

As assinaturas podem ser feitas pelo Aplicativo PicPay. Baixe, cadastre-se, busque o Bola Presa e escolha seu plano de assinaturas. Você pode pagar com cartão de crédito ou carregar sua Carteira PicPay com boleto ou depósito bancário. Depois de assinar, escreva para bolapresa@gmail.com para mais detalhes de como ter acesso ao conteúdo exclusivo.

DÚVIDAS SOBRE AS ASSINATURAS? Nos escreva: bolapresa@gmail.com

Assine já!