🔒Filtro Bola Presa #33

Último Filtro Bola Presa de 2016! O que isso quer dizer? Nada, afinal a temporada regular da NBA continua normalmente. Então deixa de saudosismo, pare de enumerar mortos e vamos falar de BANALIDADES do basquete.

A semana que passou teve a rodada de Natal e a NBA nunca deixa essa data em branco, seja com sua famosa rodada especial do dia 25 ou com uniformes especiais, ações de marketing dos times e tudo mais. E às vezes os próprios jogadores fazem a sua parte, como essa bela peça musical de CJ McCollum, com participação especial de Dame DOLLA:

Dwight Howard não fez nada especial no Natal, o seu Atlanta Hawks nem jogou, mas ele estava lá no Twitter pedindo presentes. No caso, uma camiseta especial feita pelo time para o rapper 2 Chainz. Ela até vem com as correntes, não é fofo? (Não)

Na época de Natal também temos a tradicional visita de Uncle Dirk a um hospital infantil em Dallas. Você nunca ouviu falar? Bom, pode ser porque o maior alemão da história (chupa filosofia, chupa música clássica) não é fã de colocar a mídia nisso e só dessa vez, pela PRIMEIRA vez, deixou um repórter o acompanhar, o Brad Townsend do Dallas News. Nunca antes ele tinha publicado fotos, releases de imprensa ou tweets sobre as visitas anuais.

Para quem está familiarizado com textos em inglês, vale ler do começo ao fim. Ele conta que Dirk Nowitzki, todo ano, visita o hospital, leva uma porrada de presentes para os pirralhos e passa umas quatro ou cinco HORAS no local visitando e falando com cada criança.

UncleDirk

Uma das histórias mais emocionantes é a de um menino que havia acabado de acordar de uma anestesia pós-cirurgia e descoberto que sua perna havia sido amputada. Antes de saber da necessidade da amputação ele já estava na lista dos que iam receber Dirk, que perguntou se o paciente ainda vê-lo mesmo depois dessa reviravolta. Com a confirmação, ele entrou no quarto. O garoto ainda estava bem mal e vomitou diversas vezes durante a visita, mas Dirk não recuou, não fez cara feia e muito menos foi embora, só trocou de avental e seguiu com ele por um longo tempo até eles conseguirem abrir o presente e bater um papo.

Na visita de 2012 ele até jogou basquete com um dos pacientes, a mãe filmou e colocou no YouTube:

Não sou torcedor do Mavs e essa versão atual do time está longe de encantar, mas quando este homem maravilhoso pisa na quadra não dá pra torcer contra. Ele é muito legal, muito divertido, tem um estilo de jogo que foi revolucionário, um dos arremessos mais lindos da história e ainda nos dá algumas histórias maravilhosas fora da quadra. Toda hora de história de jogador fazendo caridade, mas o TEMPO e a dedicação de Dirk nessas visitas vão além do comum.


Na última semana o novato Malcolm Brogdon, do Milwaukee Bucks, ficou finalmente famoso para o mundo da NBA. Seu feito? Enterrar NA CABEÇA de duas das maiores estrelas da atualidade, Kyrie Irving e LeBron James, no mesmo jogo! Ele, humilde, disse que não percebeu que era LeBron na defesa e que teria hesitado se tivesse se dado conta. Relembrem:

Esses lances fizeram o mundo querer saber mais sobre o novato. O técnico Jason Kidd disse que Brogdon, mesmo sendo só um novato, é DISPARADO um dos caras mais maduros do time.

De qualquer forma, Brogdon já havia ganhado o respeito do time antes desses lances. Ele carrega ainda consigo o apelido de Presidente” desde os tempos de basquete universitário. Pelo jeito sério que fala, por ser muito mais estudioso do que a média dos jogadores da NBA, por vir de uma família com pais cultos e por ser absurdamente focado e pragmático em como abordar o basquete, os treinos e os jogos.

O atleta credita muito dessa seriedade a duas viagens que fez na vida. Uma para Gana, aos 10 anos de idade, onde estudou a história do país e conviveu com crianças de outra realidade: só ele jogava futebol calçado e todos tinham que parar de jogar quando o lixo da região era despejado no único campinho. Em uma viagem de ônibus, a visão de crianças pedindo comida pela janela mudou a percepção dele do que era importante. A segunda viagem, já com ele na faculdade, foi para o Brasil. Segundo ele, ver o hotel de luxo onde estavam no Rio de Janeiro e comparar com as favelas no entorno deram a certeza de que ele, quando parar de jogar, vai trabalhar para mudar a vida das pessoas no terceiro mundo. Nos seus 4 anos na Universidade de Virginia Brogdon fez parte do grupo de liderança e políticas públicas da Batten School, uma das maiores da área nos EUA. O garoto é sério com esse negócio de “Presidente”.


Vocês falam muito da maldição Bola Presa, né? Fazemos um post sobre um jogador ou time em boa fase e BUM, três derrotas seguidas, crise, lesões! Meu palpite é que as boas fases não duram pra sempre e esperamos para falar dos times quando eles chegam a esse topo, mas isso pode ser só eu na defensiva.

Na última semana aconteceu uma ‘Maldição Tom Haberstroh’. O comentarista da ESPN, especialista em lidar com números, fez um texto para falar da aberração do Memphis Grizzlies, que estava, naquele momento, com 12 vitórias e só 1 derrota em jogos onde a diferença estava só em 3 pontos, para qualquer lado, no último minuto:

Os números que ele junta são assustadores: o Grizzlies não faz isso só nesse ano, não parece ser só sorte. Eles têm, nos últimos SEIS anos, 105 vitórias e só 46 derrotas nessa situação descrita acima. É um aproveitamento de 69%, 5 pontos a frente do San Antonio Spurs, o segundo colocado, e ANOS-LUZ na frente do resto da liga. Neste ano, até Toney Douglas, que estava no time num contrato de 10 dias para suprir lesões, chegou a marcar 6 pontos e virar um jogo no minuto final contra o Blazers! Eles são um fenômeno!

Ah, mas claro que no exato dia que a matéria entrou no ar eles perderam NA PRORROGAÇÃO para o Boston Celtics.


Alguns elogios valem mais que os outros. Sua mãe falar que você é bonito é diferente da Alinne Moraes dizer o mesmo! Então que tal esse de Gregg Popovich para James Harden? O técnico do Spurs disse que nessa época do ano prefere se focar no seu time e não assiste o que os outros estão fazendo. A exceção é o Houston Rockets, só porque o Barba é RIDÍCULO!

Pop


A Lei do Ex vale até para caras como o Aaron Brooks que já passou por SEIS times? Bom, valeu quando ele e seus 1,83m deram um toco no Robin Lopez no duelo contra o Bulls:

Querem ver mais lances do Robin Lopez sendo humilhado? Vamos lá! Semana passada falamos que a NBA tinha tanto irmão que eventualmente um toco humilhante ia acontecer, né? Foi quando postamos o duelo Marcus e Markieff. Essa semana tem mais, mas Robin falhou miseravelmente na hora de tentar parar Brook…

E nem foi a primeira vez…


Temos aqui três momentos para definir Russell Westbrook:

I – ELE É UM ANDRÓIDE? Russ igualou uma marca de Charles Barkley e agora eles são os únicos jogadores desde 1985-86 com 3 ou mais jogos de pelo menos 25 pontos, 10 assistências e QUINZE REBOTES numa mesma temporada!

II- ISSO É REAL? Só 4 jogadores conseguiram ter mais de 15 triple-doubles em uma temporada desde 1985-86. Westbrook é o único a fez isso duas vezes.

III- OK, ESSA EU NÃO ESPERAVA: Na derrota para o Grizzlies nesta quinta-feira Westbrook ZEROU em assistências. E nem foi culpa da má pontaria dos outros, nenhum de seus passes sequer virou tentativa de arremesso!

West


A votação para os titulares do All-Star Game está liberada e cada time já está fazendo sua campanha para você mandar um #NBAVote seguido dos nomes dos seus favoritos no Twitter. O Sacramento Kings tentou ser malandro e hackear o SISTEMA para seu voto contar apenas para o pivô deles:


O vídeo de uma garota sendo derrubada pelo drible de um ANÃO no meio da rua viralizou ontem entre as páginas de basquete. E calhou que a própria vítima postou, dizendo que seus tornozelos foram destruídos:

A Nike, espertona da SOCIAL MEDIA, logo apareceu para oferecer um tênis de graça para que isso “não acontecesse de novo”:

Eles oferecerem o tênis do Kyrie Irving é uma boa, já que o vídeo completo é um grande ‘Kyrie Irving Challenge’, nos mesmos moldes dos que especulamos que deveria existir em um podcast recente: a bola na mão de um cara e o resto do mundo tentando roubar:


O Fuerza Regia, time de basquete de Monterrey, no México, anunciou ontem os reforços do time para a disputa da próxima Liga das Américas. Se isso for sério, é o maior pacote de contratações desde os Heatles em Miami:

É isso mesmo: o saudoso JAMARIO MOON, ex-Raptors, o chinês Sun Ming e seus 2,36m de altura e Dennis Rodman no auge dos seus 55 anos de idade. Ninguém desmentiu, eu estou acreditando.


Alguém com MUITO, mas MUITO tempo livre fez uma das coisas mais legais que vi na internet nos últimos tempos. O usuário LegendOfTheNightman no Reddit montou times da NBA apenas se baseando nas fotos oficiais que eles tiram antes da temporada. É uma obra-prima!

Ele criou, por exemplo, o time do TENTANDO SORRIR MAS PASSANDO POR UM MOMENTO DIFÍCIL

[ux_gallery name=”on”]22567,22566,22565,22564,22563[/ux_gallery]

Tem o time do VIU UMA COISA MUITO ASSUSTADORA ATRÁS DA CÂMERA

[ux_gallery name=”on”]22572,22571,22570,22569,22568[/ux_gallery]

Ou o time do PROVAVELMENTE DÁ BONS E GENUÍNOS ABRAÇOS

[ux_gallery name=”on”]22577,22576,22575,22574,22573[/ux_gallery]

Mas meu favorito é o time MINHA CARA ESTÁ DERRETENDO

[ux_gallery name=”on”]22578,22582,22581,22580,22579[/ux_gallery]


MASCOTES POWER RANKING

Chegou a hora que todos esperam e que aposto que todos pulam pra ver logo de uma vez! Quem fatura os 10 pontos dessa semana é o grande Clutch, mascote do Houston Rockets, que apareceu MUSCULOSO e com espetaculares passos de dança:

Os 5 pontos do segundo lugar são de Rumble The Bison, do OKC Thunder, que surpreendeu as crianças na semana do Natal dando bicicletas de presente para todo mundo no meio de um jogo. Mas claro que ele fez isso de um jeito caótico, porque é assim que funciona a mente de um mascote:

CLASSIFICAÇÃO GERAL

Benny > 20
Coyote > 20
Rumble > 15
Clutch > 15
Raptor > 10
Moondog > 10
Grizz > 10
Hugo > 10
Gorilla > 10
Harry > 5
Stuff > 5
Hooper > 5


Tá acabando o ano, vamos celebrar! Ou melhor, vamos esperar até o último segundo, aí a gente celebra pra não dar merda. Tô certo, Kemba?

Torcedor do Rockets e apreciador de basquete videogamístico.

Como funcionam as assinaturas do Bola Presa?

Como são os planos?

São dois tipos de planos MENSAIS para você assinar o Bola Presa:

R$ 14

Acesso ao nosso conteúdo exclusivo: Textos, Filtro Bola Presa, Podcast BTPH, Podcast Especial, Podcast Clube do Livro e texto do FilmRoom.

R$ 20

Acesso ao nosso conteúdo exclusivo + Grupo no Facebook + Pelada mensal em SP + Sorteios e Bolões + Vídeo ao vivo para discutir Clube do Livro e FilmRoom.

Acesso ao nosso conteúdo exclusivo: Textos, Filtro Bola Presa, Podcast BTPH, Podcast Especial, Podcast Clube do Livro e texto do FilmRoom.

Acesso ao nosso conteúdo exclusivo + Grupo no Facebook + Pelada mensal em SP + Sorteios e Bolões + Vídeo ao vivo para discutir Clube do Livro e FilmRoom.

Como funciona o pagamento?

As assinaturas podem ser feitas pelo Aplicativo PicPay. Baixe, cadastre-se, busque o Bola Presa e escolha seu plano de assinaturas. Você pode pagar com cartão de crédito ou carregar sua Carteira PicPay com boleto ou depósito bancário. Depois de assinar, escreva para bolapresa@gmail.com para mais detalhes de como ter acesso ao conteúdo exclusivo.

DÚVIDAS SOBRE AS ASSINATURAS? Nos escreva: bolapresa@gmail.com

Assine já!